Paróquia São Sebastião e Santa Cecília

Por: Rachel Lima – Coletivo ENGENHO DE HISTÓRIAS

 

A fábrica de tecidos Companhia Progresso Industrial do Brasil foi construída, no ano de 1889, em uma área composta por fazendas produtoras de açúcar, mais precisamente em terras da fazenda Bangu.

Uma pequena capela foi erguida em 1676 por Manuel Barcelos Domingues, um dos proprietários da fazenda. Com a implantação da Fábrica Bangu, a população cresceu rapidamente e a capela ficou insuficiente para atender a todos. Apoiada pelo empreendimento, a assistência religiosa da capela levou à região o Bispo do Rio de Janeiro para presidir a primeira Crisma local, em 1903. Desde então, ficou evidenciada a necessidade de se erguer um templo capaz de atender à comunidade.

A Fábrica doou o terreno para a construção da igreja, que foi arquitetada pelo Sr. José Vilas Boas, dirigente da mesma e a família Guilherme da Silveira, proprietária local na época, ficando pronta em 1904, quando foi entregue à ARQRIO.  Possuía fachada em tijolo avermelhado assim como as edificações da antiga Fábrica de Tecidos Bangu. Em estilo neogótico inglês, possui vitrais e arcos apontados no interior e uma torre sineira encimada por cúpula piramidal.

Em 1908, se tornou Paróquia de Bangu, em decorrência do desmembramento das regiões das Paróquias de Nossa Senhora do Desterro de Campo Grande e de Nossa Senhora da Apresentação de Irajá. No início da construção, o templo foi amadrinhado por N. S. da Conceição, cuja imagem foi trazida de Portugal pela esposa do Comendador Costa Pessoa, presidente da Fábrica Bangu.

Os sinos da torre foram instalados em 1930. Nos anos 40, a igreja abrigou um presépio que virou atração para adultos e crianças. O tempo passou por reformas: em 1946, com os primeiros acréscimos laterais; em 1958 quando a nave foi ampliada e, em 1967, quando foi feito o segundo andar correspondente à sacristia.

Possui capacidade para 320 fiéis sentados. Desenvolve importante programa de ação social e comunitária através da ação dos vicentinos, do Serviço de Assistência Religiosa aos Enfermos, do dia do Pão.

Tombada pelo IPHAN, por decreto INEPAC N. E – 03/31.485/83/1983, comemora seu aniversário com grande festa todos os anos, durante as primeiras semanas de setembro.

 

Fontes:

Templos Católicos do Rio de Janeiro, Orlindo José de Carvalho – Manual, 2009
Fonte: Guia do Patrimônio Cultural Carioca Bens Tombados – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, 2014.

https://www.patrimoniohistoricoarqrio.org/product-page/igreja-de-s%C3%A3o-sebasti%C3%A3o-e-santa-cec%C3%ADlia

 

ENDEREÇO COMPLETO:

Igreja de São Sebastião e Santa Cecília
Praça da Fé, s/n – Bangu
21810-020 – Rio de Janeiro – RJ

 

SERVIÇO:
Telefones: (21)2401-8448
E-mail:
parssebastiao.scecilia@ig.com.br

Aberta das 14 Às 17h (21) 2401-8448

Transmissões das missas por Youtube – Segunda, terça, quinta e sexta às 19h.

Domingos Às 9h.

 

REDES SOCIAIS:

FACEBOOK @SEBSCEC